admin March 8, 2019

Ainda assim, o placar indica que 4 a 0 de Eddie vai doer. Jones conseguiu transformar um lado da Inglaterra que Cheika havia mergulhado nas profundezas do desespero pouco mais de um ano atrás, tendo acabado de realizar um trabalho milagroso em uma roupa de Wallaby no caos. Cheika deve ter se perguntado em mais de algumas ocasiões este ano o que aconteceu com os poderes de regeneração que trouxeram a ele o gongo de treinador do ano do World Rugby em 2015. A Inglaterra recua contra a Austrália para completar seu ano perfeito.

Não será fácil para ele entender que uma leitura superficial sugere que eles foram atingidos pelo mesmo velho companheiro dele. Ele também pode pensar que o destino desempenhou sua parte má também.Tendo levado a Austrália para o Campeonato de Rugby na primeira tentativa e depois para a final da Copa do Mundo, despachando a Inglaterra de Stuart Lancaster ao longo de 20 pontos neste local, ele parecia estar se recuperando de onde parou no começo. da nova temporada. Jones estava na cidade cuspindo de indignação sobre a atitude de seus compatriotas, enquanto tentavam irritar suas novas acusações, a equipe da Inglaterra. Cheika, talvez por afeição por seu antigo companheiro, manteve seu conselho na guerra de palavras e parecia bastante com o homem quando os Wallabies invadiram a Inglaterra no primeiro dos testes de junho, de uma Unibet apuestas en vivo maneira não-diferente à maneira como o fizeram em Quando Bernard Foley foi para o que parecia a terceira tentativa da Austrália na meia hora do jogo, a Inglaterra parecia enterrada.Mas, como foi o caso em três ocasiões no púrpura da Austrália no início deste jogo, o TMO entrou em cena. Em junho, foi um desses bloqueios que poderiam ter sido de qualquer forma. Mais tarde, no mesmo dia, uma réplica quase exata foi a favor da África do Sul contra a Irlanda, mas nesta ocasião a TMO encontrou o favor da equipe defensora. A Inglaterra foi salva do que poderia ter sido um golpe insuperável, tanto psicologicamente quanto no placar. Inglaterra 37-21 Austrália: como os jogadores do Twickenham se classificaram Leia mais

Foi um incidente rico em significância, o tipo nós sabemos estes dias como um momento de portas deslizantes. Se a tentativa de Foley fosse válida, o que poderia ter acontecido na temporada da Austrália?Em vez disso, como aconteceu de novo aqui, o seu início promissor desvendou-se com uma tentativa de Jonathan Joseph, nascido de uma confusão no meio-campo. E todos nós sabemos o que aconteceu depois. Os garotos de Jones completaram um ano invicto raro; O Cheika sofreu perda após a derrota, aparentemente incapaz de fazer algo certo.

Ele deve ter algum conforto, no entanto, e crédito, da maneira que ele conseguiu puxar seu time para fora de seu mergulho. Depois de mais humilhações nas mãos dos All Blacks, a Austrália terminou forte o Campeonato de Rugby e foram três de três durante esta cansativa turnê de cinco jogos da Europa – seis se contarmos o jogo do meio da semana contra os bárbaros franceses. Que eles terminaram com derrotas nos jogos 14 e 15 de uma temporada internacional, o tempo que não deveria ser permitido arruinará o Natal de Cheika.Sem turnê de Grand Slam e sem estragos na época festiva de Jones.

A força simplesmente não esteve com a Austrália neste ano, onde foi a última vez. Eles não caíram tão longe quanto a África do Sul, mas a avaliação mais recente teria que colocá-los atrás da Inglaterra e da Irlanda naquela esperançosa Unibet apuestas online perseguição da Nova Zelândia. E a impressão de que ele foi educado pelo seu antigo companheiro é difícil de evitar, dentro e fora do campo. Mas Jones também teve seus momentos difíceis. Sete anos mais velho do Cheika, ele sabe muito bem como a roda pode girar. Cheika não precisará dizer a ele para aproveitar as coisas enquanto elas durarem. Em vez disso, ele vai dizer a Cheika para estragar sua coragem para o lugar de espera e esperar por algumas quedas recentes dos dados. Se eles tivessem essa cerveja, é claro. Devemos esperar que eles tenham feito isso.